segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Vim pra escrever sobre saudade. Mas não é uma saudade qualquer. Na verdade eu nem sei se dá pra dizer que é saudade, pois é algo gostoso de lembrar, mas eu não sinto falta. Acho que seria melhor dizer que vou falar sobre lembranças então!
Eu tenho tido algumas lembranças do meu ultimo relacionamento. Lembranças boas. Como do quanto eu me sentia conectada espiritualmente e mentalmente com outra pessoa, e de como foram gostosas as coisas que passamos juntos. Era um sentimento bem forte, e bem bonito. Quero deixar bem claro que não sinto falta, eu só gosto dessas lembranças. 
Acredito que não é porque não deu certo, que tenha sido algo tão ruim, e acredito também que não deu certo porque a vida reservou caminhos diferentes, e se tivéssemos seguido pelo mesmo caminho, talvez teríamos nos machucado ainda mais.
Voltando para as lembranças:
Me lembro de como me sentia confortável por estar perto de alguém que me fazia bem. Lembro de algumas situações também, como aquele feriado de Pascoa em que toda a minha família foi viajar, e nós vivemos alguns dias de casados, que por sinal foram bons. Lembro das conversas que tínhamos, sobre variados assuntos e variadas pessoas. Lembro da visita ao pequeno shopping de Bebedouro, onde conseguimos pegar ursinhos naquelas maquinas complicadas. 
Quem ler esse tipo de texto vai criar a convicta certeza de que eu sinto falta ou ainda amo a mesma pessoa. Mas não, é que só agora eu me sinto segura ao ter essas lembranças, principalmente por saber que elas não me machucam mais, e eu me sinto bem por saber reconhecer os momentos bacanas que eu tive na vida. E por mais que Ex seja passado, é um passado que foi extremamente necessário para que eu chegasse nesse presente, que eu gosto tanto. 
Eu agradeço por ter acontecido, agradeço por todos os momentos, e também agradeço por não ter dado certo, pois hoje nós dois estamos exatamente onde deveríamos estar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário